RAGE

Rockstar Advanced Game Engine, ou simplesmente RAGE, é um middleware proprietário da Rockstar Games designado para rápido desenvolvimento de aplicação tridimensional interativa desenvolvido pelo RAGE Technology Group, uma divisão da Rockstar San Diego.

RAGE foi apresentada pela primeira vez em 2006 através do game Rockstar Games Presents Table Tennis. O engenho foi usado pelos estúdios pertencentes à Rockstar Games para desenvolver games para Windows, OSX, PS3, PS4, Will, X360, e XOne. Tendo entre tais games os títulos: GTA IV, Red Dead Redemption, Max Payne 3, GTA V e Red Dead Redemption 2.

História

Antes de desenvolver o RAGE, a Rockstar Games e primariamente seu estúdio Rockstar North, majoritariamente usaram o engenho de renderização de gráficos RenderWare, um produto pertencente a Criterion Software, para desenvolver games para PS2, Xbox e Windows, tais como GTA Vice City, Manhunt, GTA San Andreas e Bully, dentre outros.

Em 2004, a Criterion Software, proprietária da tecnologia RenderWare, foi adquirida pela EA Games que mais tarde deu uma rasteira na indústria ao vetar a comercialização da tecnologia RenderWare.

O desenrolar dos acontecimentos levou a Rockstar Games a ter a iniciativa de criar sua própria tecnologia de engenharia de game, então foi aberto o RAGE Technology Group como uma divisão da Rockstar San Diego.

Desenvolvimento

RAGE Technology Group começou desenvolvendo no que seria mais tarde deviria “RAGE”, um engenho baseado no Angel Game Engine (AGE), um outro engenho já antes desenvolvido pela Rockstar San Diego e utilizado nos títulos de racha suburbano Midnight Club oriundos da mesma empresa.

Além da Rockstar San Diego, o RAGE Technology Group também recebeu contribuições da Rockstar North, estúdio responsável pelos maiores títulos da Rockstar Games. As contribuições da Rockstar North envolveram escolhas de design devido a sua experiência com a tecnologia RenderWare e também implementações de conceitos e até componentes da RenderWare, uma vez já tinham sua variante considerada “in-house”.

Uso

O primeiro game a usar o RAGE foi Rockstar Games Presents Table Tennis, basicamente o techdemo, feito pela mesma desenvolvedora da RAGE e liberado primeiro para X360 em 23 de maio de 2006.

Desde 2007, o RAGE integra os componentes-middleware terceirizados Euphoria para mecânica de animação de ator e Bullet Physics para simulação de física newtoniana.

Na sétima geração de consoles, PS3 e X360 precisamente, o RAGE frequentemente esteve em disparidade em optimização no hardware, onde títulos maiores no PS3 costumadamente apresentavam resolução mais baixa e efeitos gráficos reduzidos. Tais títulos incluem GTA IV (640p), Midnight Club: Los Angeles (960x720p), e Red Dead Redemption (640p).

Recepção

Apesar de seus problemas em qualidade de optimização, em julho de 2009, IGN indiciou RAGE como um dos “dez melhores engenhos de game da (sétima) geração”, justificando em dizer:

“Os pontos fortes do RAGE são muitos. Sua habilidade de manusear grandes mundos dinâmicos, arranjamentos complexos de AI, efeitos climáticos, código rápido sobre rede, e uma multitude de estilos de jogabilidade será óbvio para qualquer um que jogou GTA IV.”

Desde o lançamento de Max Payne 3, RAGE suporta DirectX 11 e renderização tridimensional estereoscópica para PCs. Max Payne 3 também marcou a primeira vez na qual RAGE foi capaz de renderizar a mesma resolução (720p) num game em ambos PS3 e X360. Esta conquista foi alcançada também no GTA V, o qual renderiza na resolução 720p em ambos os consoles.

Next-Gen

Para as versões remasterizadas da GTA V, RAGE foi retrabalhada para a oitava geração de consoles, assim com suporte a resolução 1080p para ambos PS4 e XOne. A versão PC do game, liberada em 2015, apresentou RAGE suportando resolução 4K e taxas de desenho em 60 quadros por segundo, bem como distâncias de desenho e filtragem de texturas mais potentes, e mapeamento aprimorado de sombras e qualidade aprimorada de tesselação.

Imagens

One thought on “RAGE

Leave a Reply